A submissão da mulher

husband_wifePor Liana Netto

A submissão da mulher: como vivê-la corretamente? Pode um homem arrogar-se de autoridade sobre a mulher sem antes desposá-la? Seria correto ao homem pedir ou desejar que sua-ainda-não-mulher desrespeite ou desobedeça seus pais em nome da submissão que ela deve ter ao homem? É cristão agir dessa maneira?

Bom, primeiro, para que haja discernimento é necessário se perguntar: como José agiria em relação a Maria? Como Maria agiria em relação a seus pais? Seria ele desonroso para com Ela antes de casar-se? Pediria à Ela que desobedecesse seus pais, por dever obediência a ele, antes de se casarem? O que faria ou diria Maria? Causaria essa desonra, esse desgosto aos seus pais para obedecer aquele que ainda não a tomou por esposa? Como é essa questão de submissão da mulher e da autoridade do homem? Claro que a resposta óbvia é apenas uma! Nossos modelos perfeitos são Jesus, Maria e José, sejamos seus imitadores em tudo!

Nos mandamentos da Lei de Deus, há uma ordem de importância que deve ser respeitada: primeiro, amar a Deus sobre todas as coisas (acima dos pais e dos homens), trata-se de reconhecer a Deus como o Senhor de sua vida. Depois, temos o mandamento honrar pai e mãe, devemos respeito e obediência à autoridade dos pais antes da autoridade de quem se julga nesse direito sem que haja pertencimento de um a outro! Somente depois, temos os mandamentos sobre castidade, sobre não desejar a mulher do próximo, etc.

Para finalizar com embasamento bíblico e para que não haja dúvidas, temos em Eclesiástico 3, 1-11 (um dos meus livros bíblicos preferidos):

“Os filhos da sabedoria formam a assembléia dos justos, e o novo que compõem é, todo ele, obediência e amor. Ouvi, meus filhos, os conselhos de vosso pai, segui-os de tal modo que sejais salvos. Pois Deus quis honrar os pais pelos filhos, e cuidadosamente fortaleceu a autoridade da mãe sobre eles. Aquele que ama a Deus o roga pelos seus pecados, acautela-se para não cometê-los no porvir. Ele é ouvido em sua prece cotidiana. Quem honra sua mãe é semelhante àquele que acumula um tesouro. Quem honra seu pai achará alegria em seus filhos, será ouvido no dia da oração. Quem honra seu pai gozará de vida longa; quem lhe obedece dará consolo à sua mãe. Quem teme ao Senhor honra pai e mãe. Servirá aqueles que lhe deram a vida como a seus senhores. Honra teu pai por teus atos, tuas palavras, tua paciência, a fim de que ele te dê sua bênção, e que esta permaneça em ti até o teu último dia. A bênção paterna fortalece a casa de seus filhos, a maldição de uma mãe a arrasa até os alicerces.”

E em Efésios 5, 22-33 (outro na minha lista de preferidos):

As mulheres sejam submissas a seus maridos, como ao Senhor, pois o marido é o chefe da mulher, como Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo, da qual ele é o Salvador. Ora, assim como a Igreja é submissa a Cristo, assim também o sejam em tudo as mulheres a seus maridos. Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela, para santificá-la, purificando-a pela água do batismo com a palavra, para apresentá-la a si mesmo toda gloriosa, sem mácula, sem ruga, sem qualquer outro defeito semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim os maridos devem amar as suas mulheres, como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Certamente, ninguém jamais aborreceu a sua própria carne; ao contrário, cada qual a alimenta e a trata, como Cristo faz à sua Igreja – porque somos membros de seu corpo.”

Em nenhum momento diz-se que a mulher deve respeito e submissão à vontade do homem somente pelo fato dela ser mulher e ele, homem. Essa submissão deve ser devidamente vivenciada no casamento. Não há vontade de Deus sem que antes haja respeito, obediência e amor ao que é agradável ao bom Deus. Um homem que não zela pela sua futura esposa no namoro, no noivado, em sua casa, com sua família e em respeito aos seus pais e não te exorta a ser uma mulher obediente e respeitosa em relação aos pais, não é digno de uma mulher cristã. Devemos obediência e respeito à autoridade dos pais.

Portanto, meninas! Cuidem para que vossos corações não se desviem da vontade do Senhor para as suas vidas! Sejamos dóceis à palavra e à vontade do Pai, que em tudo coopera para o nosso bem e nosso bem maior, a salvação eterna.

Salve Maria!

Anúncios

Um comentário sobre “A submissão da mulher

  1. Amei esse post de vcs meninas, um rapaz acabou de me colocar esse capítulo de Efésios 5, 22, afim de que eu mudasse para a igreja dele, e pude interpreta- lo melhor lendo o comentário de vcs.

    Obrigada!! AMO SER CATÓLICA!!!

    Curtir

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s