O poder de uma mulher gentil – a figura de Cora Crawley de Downton Abbey

Cora-1024x640

Se você nunca assistiu Downton Abbey, é uma série que eu recomendo fortemente, sendo minha favorita no catálogo disponível na Netflix.

A série se passa em um condado da Inglaterra chamado Yorkshire, no início do século XX, e retrata a vida da família Crawley, uma família parte do complexo sistema aristocrático do país. A série retrata também a vida e os relacionamentos dos criados da família, o que é, na minha opinião, uma das coisas mais atraentes sobre a série, já que suas histórias também recebem lugar de destaque, o que é difícil de encontrar em séries/filmes de época no geral.

No meio de tantos acontecimentos e emoções, e no meio de tantas personalidades diferentes e únicas, uma figura chamou a minha atenção desde o início da série. Cora Crawley, condessa de Grantham. Esposa do conde Robert Crawley e mãe de três filhas. Cora é uma personagem discreta, que apesar de sua posição de destaque na trama, sempre me deixa com a impressão de que aparece menos do que os outros personagens. E é exatamente o que chama atenção. Cora Crawley traz a personalidade de uma mulher sábia, serena, tranquila, gentil e equilibrada, que sempre traz leveza até para as cenas mais terríveis. Uma delas é uma cena em que seu marido vomita sangue puro durante um jantar, de forma muito assustadora e violenta, o que dá a todos a impressão de que vai morrer subitamente. Cora permanece serena, em uma cena que, confesso, me fez suar pelos olhos. Ela sussura com invejável calma para Robert, enquanto o ampara no chão, banhado em sangue:

-Não se preocupe, meu amor, eu estou aqui.

'Downton Abbey' - Shown on ITV1 HD

É de Cora que vem, todas as vezes, as palavras e atitudes de gentileza que acalma os ânimos mais exaltados. É  que acontece, por exemplo, durante a luta travada entre alguns personagens para decidir o rumo que a estrutura do sistema de saúde em Yorkshire tomaria. Lady Grantham tem um lado, e o apoia com tanta graciosidade e polidez, no meio de intrigas, que seu comportamento chama a atenção do ministro da saúde, e ele é nomeada presidente do hospital do condado.

Emmy Nominations-Costumes

Cora é elegante, e não falo aqui de sua imagem somente. É uma mulher elegante no seu comportamento, sempre se portando com graciosidade e respeito. Deixando claro que sua bela aparência exterior tem um fundamento sólido em um interior ordenado.

No meio de tantos vícios e falhas de caráter retratados nas mulheres de Downton Abbey, é quase impossível identificar em Cora algo condenável, e mesmo quando você acha que encontra, ela o contorna demonstrando que está sempre pronta a reparar sua falhas. É o que acontece quando ela, após uma dia difícil, acaba sendo indelicada com uma criada que encontrara em seu quarto experimentando suas roupas. Qualquer um daria razão a ela, afinal de contas, como assim uma criada no quarto de uma condessa vestindo suas roupas, não é mesmo? Não! No mesmo dia, Cora desce aos aposentos dos empregados para pedir perdão à empregada a quem havia ofendido. Segundo ela mesma, nem mesmo o pior dos dias justifica ser indelicada com alguém que a serviu lealmente por tantos anos. É muito surpreendente que, mesmo em uma posição social muito elevada, a gentileza e amabilidade sobressaem na personagem independente de quem ela se dirige.

Cora-Crawley-Edith-Crawley (1)

Cora não precisa levantar a voz, nem ser grosseira ou chantagista para ser ouvida e atendida. Não por causa de sua posição, mas por causa da força que brota exatamente de suas virtudes, e que vence o poder de qualquer grosseria e brutalidade.

É possível notar nela todas as características daquela que a Bíblia descreve como uma mulher forte. Cora perde uma filha no auge de sua juventude, e permanece serena. Perde um filho na barriga em uma acidente forjado para tirar a vida dele, e não perde a bondade. Vê desgraças seguidas acontecer no meio de sua família e de seus empregados, e continua a ser um norte de calma, enquanto todos surtam de todos os lados. Sofre, mas se doa ao mesmo tempo. É bondosa e nela não se encontra malícia, nem anseio de prejudicar os outros.

cora-2

Cora é uma figura difícil de não deixar marcas em quem assiste a série, principalmente em mulheres, por representar o extremo oposto de quase todas as mulheres da série. Por todos os motivos comentados acima, é uma das minhas personagens favoritas, e tem meu afeto pessoal.

ows_143051024787193

Cora e nós

A figura de Cora Crawley foi um forma muito poderosa de me trazer aos olhos o que significa ser o tipo de mulher que nós, como cristãs, nos esforçamos para ser. Se Cora fosse uma mulher do nosso tempo e lugar, e se cada uma de nós convivêssemos diariamente com uma Cora, imagino que veríamos uma mulher que, na contramão da exposição cada vez mais grosseira das redes sociais, preservaria seu conteúdo e a graça de sua beleza da vanglória. Que se levantaria e sairia de cena quando em meio a uma roda de fofoca e ânimos exaltados (como ela faz diversas vezes na  própria série). Que estaria disposta a mostrar graça e perdão, enquanto de todos lados partem julgamentos e condenação. Que encorajaria outras mulheres, ao invés de competir com elas e sentir prazer em depreciá-las. Que não abriria a boca se soubesse que suas palavras pudessem causar problemas. Que se recusaria a seguir as modas e comportamentos ultrajantes à sua dignidade. Enfim, um ponto de referência em doçura, elegância, gentileza, fortaleza e sabedoria.

Existem inúmeras formas pelas quais podemos confrontar a figura tão preciosa da Condessa de Grantham com a nossa vida, e essa foi a que encontrei para confrontar com a minha, e que acredito que pode nos ajudar de forma muito poderosa.

Se você ainda não assistiu a série, já vou pedindo desculpas pelos spoilers, e recomendando mais uma vez que você assista. Se você já assistiu, tenho certeza de que você pode ter ainda mais a contribuir sobre a personagem. Me deixe saber nos comentários.

 

Anúncios

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s