Como se confessar + exame de consciência para imprimir

Design sem nome (1)

Deus oferece a nós a oportunidade de começar de novo, por meio do Sacramento da Reconciliação (ou confissão), sempre que pecamos e saímos de sua Graça. É um sacramento esquecido por muitos, negligenciado por outros e bem vivido por alguns poucos. Devemos nos lembrar de que Cristo é quem o instituiu, quando disse aos apóstolos: “Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos.” (Cf. Jo 20, 23) dando, assim, aos seus ministros ordenados o poder para perdoar pecados em Seu nome.
Muitas vezes não examinamos a nós mesmas com a diligência que deveríamos, o que nos dá a falsa impressão de que não precisamos nos confessar ou de que o Sacramento é desnecessário. Mas eu digo a você: há muito sendo perdido quando negligenciamos uma parte tão importante da nossa fé. O Sacramento da Reconciliação é um bálsamos de cura e esperança, e promove mudanças radicais em nossa vida cristã quando o levamos a sério.

Outro fator importante é que a falta de familiaridade com o Sacramento nos faz ter medo ou nos sentir inconfortáveis em frequentá-lo, mas com um pouco de conhecimento e compreensão, podemos avançar.

Como se confessar

Se faz muito tempo que você não se confessa, ou se você nunca se confessou, ou ainda se você não sabe como se preparar, aqui está o que você precisa saber. Muitas vezes, nosso nervosismo e evitação podem ser minimizados se nos preparamos bem, e nos aproximamos do confessionário com clara consciência do que iremos fazer e do que temos para contar a Cristo.

1. Examine sua consciência

Uma das partes mais importantes começam ainda antes da confissão, com o exame de consciência. A sós com Deus, reze e reflita sobre sua vida, o que tem feito que contraria as diretrizes que Ele nos deu, onde você tem falhado em fazer o bem e levar uma vida correta e íntegra. É importante que você esteja realmente arrependida de seus pecados e decidida a não mais cometê-los.

Existem diferentes tipos de exames de consciência disponíveis na internet, em livros espirituais e em cartilhas sobre o Sacramento da Reconciliação. Nós criamos um modelo que está disponibilizado no fim desse post, para que você possa imprimir e utilizar como recurso para ajudá-la a fazer uma boa confissão.

Após o exame de consciência é hora de ir ao confessionário, com confiança de que é o próprio Cristo a esperar por nós na pessoa do sacerdote.

Quando você se aproximar do confessionário, saiba disso, que sou Eu mesmo lá a esperar por você.

Jesus a Santa Faustina

2. Procure uma paróquia/comunidade ou outro local onde um padre atenda confissões

Em alguns lugares as confissões são realizadas em confessionários, onde o padre se coloca em um lado e o confessante do outro de uma parede, com uma tela na altura do rosto, a fim de que o padre possa escutar o confessante sem vê-lo. Em outros, a confissão é feita frente a frente com o sacerdote.

3. Diga ao padre há quanto tempo não se confessa

Ao se aproximar do sacerdote, ele poderá começar por abençoá-la ou, no caso do confessionário, onde o padre não vê se há ou não alguém do outro lado, você mesma pode dizer, para que ele saiba que alguém chegou: ”padre, perdoe-me, porque pequei”. Em seguida ele dará início à confissão com o sinal da cruz, e você deve informá-lo há quanto tempo fez sua última confissão válida.

4. Diga os seus pecados

Aqui é onde você diz ao padre os seus pecados específicos, sendo objetiva e dizendo, caso se lembre, quantas vezes você cometeu cada pecado, isso ajuda o padre a entender melhor a sua situação e te orientar após a confissão. Não esconda nem disfarce nenhum dos pecados que você reconheceu quando fez seu exame de consciência, isso invalida a confissão e é um pecado grave.

Lembre-se de que tudo o que você disser ao padre está protegido pelo sigilo da confissão, e ele não poderá dizer a ninguém, sob  pena de excomunhão. Além disso, pense que nada do que você disser ao sacerdote irá surpreendê-lo, pense nas inúmeras confissões que ele atende, dificilmente você será a primeira a confessar algum pecado que ele nunca tenha ouvido. Então relaxe um pouco da tensão devido ao constrangimento de certos tipos de pecados, diga-os abertamente e sem disfarces.

5. Penitência

Após dizer os seus pecados, o padre te dará uma penitência para cumprir. O Catecismo da Igreja ensina que a penitência é um ato pelo qual reparamos os efeitos maus dos pecados que cometemos. O sacerdote pode te dar como penitência desde orações específicas à práticas como dar esmola a um pobre, se abster de algo que você goste…

O importante nessa parte é entender que, com a penitência, estamos nos comprometendo a reparar o nosso pecado. Ainda que o padre não te dê uma penitência, sua confissão foi válida, e você mesmo pode estabelecer alguma para que você cumpra após a confissão, como comprometimento pessoal em reparar os pecados cometidos.

6. Ato de Contrição

Após receber sua penitência e eventuais direções e conselhos do seu confessor, você deverá rezar o ato de contrição, que é uma oração pela qual dizemos a Deus que estamos verdadeiramente arrependidas dos nossos pecados e que estamos decididas a não mais cometê-los. Em alguns locais, você terá o ato de contrição disponível próximo de você no momento da confissão. Por via das dúvidas, qui está uma versão que você pode carregar contigo para utilizar nas suas confissões:

Meu Deus, porque sois infinitamente bom, eu Vos amo de todo o meu coração, bendito seja, pesa-me ter-Vos ofendido, e, com o auxílio da vossa divina graça, proponho firmemente emendar-me e nunca mais Vos tornar a ofender; peço e espero o perdão das minhas culpas, pela vossa infinita misericórdia. Amém.

7. Absolvição

Após terminar de rezar o Ato de Contrição, ou ainda enquanto você o reza, o padre rezará a oração de absolvição sobre você:

Deus, Pai de misericórdia, que, pela Morte e Ressurreição de Seu Filho, reconciliou o mundo consigo e enviou o Espírito Santo para remissão dos pecados, te conceda, pelo ministério da Igreja o perdão e a paz. E eu te absolvo dos teus pecados, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

8. Ação de graças e cumprimento da penitência

Após a absolvição você está limpa de seus pecados e nova em folha para começar de novo sua vida com a Graça de Deus. É hora de rezar em agradecimento a Deus pela boa confissão realizada e pelo perdão e misericórdia que ele acabou de derramar sobre você. Se você puder, vá diante do sacrário e faça uma breve oração pessoal, ou mesmo reze orações devocionais, como o santo terço.

É hora também de cumprir a penitência dada pelo sacerdote, caso sejam orações. Reze-as ali, enquanto reza sua ação de graças. Em alguns casos são orações e práticas para se cumprir durante alguns dias, então durante sua ação de graças você se comprometerá com Deus a cumpri-las.

 –

Abaixo está disponível o Download do nosso modelo de exame de consciência para impressão.

HappyDussehra

Você pode baixá-lo clicando AQUI

Anúncios

2 comentários sobre “Como se confessar + exame de consciência para imprimir

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s